Vacinas contra violência

Para reduzir o problema da violência deve-se atacar a causa-raiz

Do mesmo modo como as crianças são imunizadas contra o sarampo, a pólio e a tuberculose em tenra idade, o Instituto Zero a Seis idealizou “vacinas”, dirigidas ao público adulto, que promovem o desenvolvimento de futuros sujeitos saudáveis psíquica e socialmente.

Esse conceito inovador foi consolidado por estudo realizado por meio de uma consulta Delphi anônima encaminhada a alguns dos principais especialistas do Brasil e produziu um conjunto de aproximadamente oito “vacinas” sociais.

A primeira infância é um período fundamental no desenvolvimento mental, emocional e de socialização do indivíduo. É entre a pré-concepção e os 6 anos de idade que as estruturas físicas e intelectuais de crescimento e aprendizagem emergem e começam a estabelecer suas fundações para o resto da vida da pessoa.

Buscando prevenir eventos nocivos que possam ocorrer nesse estágio da formação humana, o projeto “Vacinas contra a Violência” tem por objetivo identificar as informações mais importantes que deverão ser “aplicadas” na primeira infância para eliminar comportamentos violentos ou desajustados no futuro.

O “Projeto Vacina” visou também propor por quem, em quem, quando, onde e como aplicar essas vacinas contra a violência.

Trata-se de um trabalho inovador no cenário nacional, pois contextualiza para a realidade brasileira os fatores de risco e os fatores de proteção que podem afetar as nossas crianças. Ao gerar informações contextualmente embasadas é possível intervir na realidade com maior efetividade, ampliando os resultados das ações desenvolvidas.

Os resultados diretos da pesquisa aconteceram em três rodadas complementares (brainwriting, rodada 1 e rodada 2) e definiu os fatores principais e mais importantes a serem desenvolvidos e/ou acompanhados na formação da personalidade das crianças:

vacinas

Entidades e especialistas que participaram da pesquisa do projeto Vacinas, abordando diferentes aspectos que compõem esse tema, de maneira ampla e integrada.

Programa Estudos do Futuro – Pro futuro
Fundação Instituto de Administração – FIA
Prof. James T C Wright
Faculdade de Economia e Administração
Universidade de São Paulo
Metodologia – Brainwriting